Google+ Followers

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Outro dia para o Natal de Jesus







Maria J Fortuna

Estou cansada, sabe? Todos os anos é a mesma coisa... Pessoas se atropelando nas ruas, na compra de presentes, um clima assim, como direi? Genuinamente comercial. Papai Noel para tudo o quanto é lado... A cidade vestida de cores através de suas lâmpadas, que abraçam prédios e árvores. Um rebuliço só!
Ainda posso me refugiar na Missa do Galo, no Mosteiro de São Bento, aqui no Rio, nessa data. Mas a Praça Mauá, á noite, é um tanto quanto perigosa... Com carro ou sem carro. Vou ter que abrir mão de ouvir os cânticos maravilhosos dos monges beneditinos, do perfume de incenso que me lembra a infância, que pena! Não creio que, fora daquela liturgia, eu possa sentir o verdadeiro espírito cristão. Pelo menos coletivamente.
Daqui a algum tempo, esta festa vai ser tão descaracterizada quanto o dia de Ação de Graças nos EEUU. Apenas invoca a paz e reúne as pessoas da família, alguns amigos para comer o peru, rodeado de delícias ou não. Com um enorme pinheiro enfeitado com bolas fluorescentes e luzes, ou não...
Ficará a tradição da festa vermelha e verde. As crianças vão ouvir que outrora, naquela data, celebrava-se o nascimento de certo Cristo. Reinará, então, o velhinho que emite aquele som: Ho Ho Ho e traz presente para os pequenos, ou não... Afinal toda celebração tem que ter o celebrado. Tem que ter um rei. Afinal, há tempos, Papai Noel é candidato ao papel principal. E vem ganhando disparado! Ouçam suas musiquetas, tocando incansavelmente por toda parte, como propaganda eleitoral! Principalmente dentro das grandes lojas e Shoppings. Viva Papai Noel, que aparece abastado, pançudo, emitindo os tais sons natalinos!
Precisamos, urgentemente, procurar outra data para comemorarmos o Natal de Jesus! Vinte e cinco de dezembro não está dando mais! Mesmo porque, a data não pode se restringir à comemoração nos templos cristãos. Dizem que o culpado de colocar este dia como seu nascimento, foi Constantino. Mas faz muito tempo... Vamos abrir os olhos... Afinal, como Deus, Profeta, Arquetípico, ou o que seja, na diversidade de interpretações, foi Ele quem nos trouxe, em sua doutrina de amor e perdão, um novo paradigma para a humanidade! Chega de “olho por olho,dente por dente!” De briga entre as religiões, que se desenvolvem na intolerância de seus dogmas. Não basta a Lei, precisamos da Graça!
Sem abrir o coração, ninguém pode comemorar seu Natal. Quem sabe elegeremos o mês de março para a memorável data? Longe de Papai Noel. Dizem os estudiosos e alguns agnósticos conhecidos e reconhecidos, que Ele é pisciano. Vou ficar muito feliz com esta confirmação, porque também sou do signo de Peixes. E, para mim, Jesus é Luz, em seu estado mais límpido e brilhante, que ultrapassa todos os limites humanos e nos traz as verdadeiras lições de amor e humildade. Uma importante proposta para transformar os corações e salvar o planeta. Que acham?

4 comentários:

Monicapuccinelli@gmail.com disse...

Maravilhosooooooooooooooooooooo
assino em baixo, vc e demaisssssssss
ameiiii, concordo, vamos mudar a data, nada de Jesus misturado com Papai Noel, se fosse no dia dos reis , aida vá, mas a Data do nascimento do nostro mestre Jeus virar comercio
sai pra la
Aguardo vc em Janeiro
beijos
mony

Eliane Accioly disse...

Amiga,

sinto-me igualzinho a você!
Saturada das festas de fim de ano.
Perdeu o sentido.
"Por que temos que dizer coisas bonitas"?
Amor e carinho é o ano inteiro, não é?
Queria uma missa do galo regada por cantos beneditinos...
Mas como você diz até eles ficam perigosos...
Bjs

Luiz disse...

Com certeza a data real do nascimento não é esta e infelizmente as pessoas tem colocado este velhinho (Papai Noel com figura central) que não tem nada a ver com sentido real do natal. As pessoas pensam que o mundo vai acabar em relação as compras de alimento e presentes e se esquecem do aniversariante. Natal é o aniversario do nascimento Jesus, que veio ao mundo com um proposito especifico (salvar o mundo, "Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna").
. Esta mudança se deu no ocidente a partir do seculo IV. A primeira vez que se celebrou o Natal em 25 de dezembro foi em Roma , no ano de 325 aD.Natal é todos os dias, pois Jesus tem nascido nos corações das pessoas a cada dia,e transformado pessoas, basta aceita-lo e recebe-lo com Salvador e Senhor das suas vidas.

danbrandao disse...

parabens, um blog muito bom, continue assim.

http://danbrandao.blogspot.com

Quem sou eu

Minha foto
Sou alguem preocupado em crescer.

Arquivo do blog

Páginas

Postagens populares