Google+ Followers

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Um dia em minha cidade - Ein tag in meiner stadt - Um día en mi cidad












Maria J Fortuna

                   Rosane Zanini é arquiteta escritora e poetisa, que vive na Suíça. Especialista em Desenho Urbano na Universidade Stuttgard na Alemanha, e realizando seu Mestrado em Arquitetura e Arte na Escola Superior de Arte em Berlim, defendeu tese de Doutorado em Planejamento Urbano e Regional na Universidade Tecnológica de Berlim. Além de detentora de vários prêmios em literatura, sua poesia penetra-me e   transporta, com grandes asas, pelas cidades desse mundo afora... Haja vista aquela em que foi classificada em1º lugar na categoria "Poesia in portoghese," Itália, 2007, vertida em alemão, que finaliza assim: "Sua voz, um desencontro/saudades dores desejos, uma cidade de insônia/um definitivo adeus. Sim, a cidade de insônia bem conheço... em veladas noites sofro há anos desse mal, que por outro lado, acaba sendo a favor dos textos que elaboro, através do intenso revelar da alma no correr das madrugadas.
                    Pois bem, pertencendo à REBRA (Rede de Escritoras Brasileiras),da qual faz parte, Rosane visitou Artes e artes em 2008.  Daí surgiram honrosos convites para que eu participasse das Antologias que vem publicando ao longo desses últimos anos, como A cidade em nós (Die stadt in uns), com prólogo de Olga Lúcia Obando.
Escrevi sobre São Luís do Maranhão, minha terra natal. Fiquei muito feliz porque  havia, nessa Antologia,  textos de outros bons autores em espanhol e inglês. Tais como Rolando Salas Cabrera, Goulart Gomes, Rosane Zanini e outros.
Nessa segunda Antologia Um dia em minha cidade, participei com uma crônica que chamei de Insônia. O texto foi traduzido para o alemão e eu fiquei muito feliz por isso. Por tornar-me conhecida nos países que falam esta língua.
          Como diz a escritora e prefaciadora Olga Lúcia Obando, Rosane Zanini convoca autores de diversos países do mundo para publicar seus textos poéticos, o que resulta num trabalho riquíssimo além dos limites geográficos, dentro de uma ótica fenomenológica que traz de três continentes: América Latina, América do Norte e Europa. Sentimos, então, a unidade de sentimentos e emoções em todos os cantos do mundo. expressos em prosa e verso. Como arquiteta, Rosane preocupa-se com desenho e planejamento urbano. Como escritora, ela sente a cidade interna de cada um.
      Sabiamente e com muita arte, Rosane Zanini  nos traz, nessa experiência holística, a oportunidade de intercâmbio e enriquecimento dos escritores que habitam nosso maltratado planeta azul.
    Como disse nosso Oscar Niemeyer “ A gente precisa sentir que a vida é importante, que é preciso haver fantasia para poder viver um pouco melhor”.




Nenhum comentário:

Quem sou eu

Minha foto
Sou alguem preocupado em crescer.

Arquivo do blog

Páginas

Postagens populares