Google+ Followers

sexta-feira, 4 de março de 2011

Viva o carnaval brasileiro!








Maria J Fortuna

Começa na noite de hoje, sexta feira, o esperado carnaval! Gostaria de ter grana para ver o desfile das Escolas de Samba, ou pique para participar de um bloco de rua. Um desses, cujo nome faz gente pensar em besteira... Aqui no Cosme Velho ou Laranjeiras onde moro tem o Chupa, mas não baba. Outro concorrido é o Sovaco do Cristo e o inconfundível Bloco do Bola Preta.

Sempre adorei carnaval. Outro dia assisti no jornal da Globo, o Bom dia Brasil, um espetáculo que me deixou emocionadíssima! Uma filmagem em câmara lenta, de uma Escola de Samba, com imagens e sons extraordinários! As gostas de chuva, acumuladas no tambor voaram docemente pelos ares, quando o sambista descia a mão com vigor e alegria no couro do enorme tambor! Aquele instrumento mágico de precursão, que faz rebolar gregas e troianas... Tal como o suor que deslizava no rosto do instrumentista!

Tudo começa quando o puxador do samba dá aquele grito “ de arrepiar a alma”, como disse uma foliona na reportagem do jornal! Aquele grito que ecoa no útero da gente, como diz a moça que trabalha aqui em casa.

O carnaval junta todas as raças, todos os tipos, especialmente o negro’, que brilha, o tempo todo, no evento onde a turma dezestressa! Junta todos os credos e, se chega alguém de fora, aceita todas as nacionalidades e religiões. Quem já não sambou rezando? Eu já. Dezestressa o que se acumulou durante todo ano com nota dez!
Carnaval é poesia pura! É a vida que se esparrama, colorida, pela avenida! Beleza! Quase compus um sambinha. Não tem espetáculo mais envolvente e gigantesco, onde todos participam com a mesma intensidade.

Mas todo este meu entusiasmo não é capaz de me levar para o sambódromo, muito menos para acompanhar sambando o Bola Preta. Vou dar plantão. Ficarei em casa desenhando e escrevendo, pois o dever me chama. O dever é fazer companhia para uma velhinha de 100 anos, ex foliona, que pendurou as chuteiras há muito tempo... Gravarei o incrível espetáculo das Escolas de Samba, principalmente da Mangueira, que sempre foi meu xodó, e no dia seguinte bem dormida, assisto ao espetáculo. Que consolo!

Para os que estão com sorte de não ter compromisso, feliz Carnaval! Pulem, brinquem, joguem as mazelas pra longe! Apreciem as cores da alegria. Quem souber fazer isso está certamente na bemaventurança.

Um comentário:

mpicavet disse...

Salve Salve o carnaval brasileiro!
Saudade de sambar e cantar até perder o fôlego!
Com toda razão, a festa mais bonita do mundo!!! Nenhum outro carnaval tem o calor humano, a união e a alegria do brasileiro!

beijinhooos

Quem sou eu

Minha foto
Sou alguem preocupado em crescer.

Arquivo do blog

Páginas

Postagens populares