Google+ Followers

sexta-feira, 19 de junho de 2009

A verdade é como azeite...


Maria J Fortuna

Chega a ser deprimente assistir às afirmações do velho Sarney na TV durante o Jornal da Globo: " A crise do Senado não é minha, é do Senado!" Ora, meu senhor, os brasileiros e principalmente os maranhenses, estão cansados de ouvir mentiras e ver sempre o mesmo espetáculo: políticos com suas máscaras de homens honrados e seus “atos secretos”, negando sua falta de escrúpulos e apontando-a para os outros! O “erro técnico” vem a calhar naquele velho ditado que diz: a verdade é como azeite, vem à tona! Tenha dó do povo brasileiro, Senador! E não subestime tanto a capacidade das pessoas de cheirar mentiras. Mais de 300 decisões secretas, como nomeações e criação de cargos surgiram de onde? E as oito pessoas nomeadas pelo senhor para cargos públicos muito bem remunerados? Se não fosse o “erro técnico” a gente continuava sem saber de nada... Mas, por mais que a maioria do povo brasileiro sem muita instrução, não tenha uma consciência política bem formada, acho que cinismo demais acaba por revelar as falcatruas dos porões do Senado ou de qualquer outro lugar. E boa coisa nunca é.Mas, onde está a indignação do brasileiro? Sou uma das assistentes sociais aposentadas pelo ex INAMPS e, como durante trinta longos anos trabalhei na área médica, acabei por aposentar-me nessa Autarquia que, em termos salariais, é tão precária como a situação da saúde no país. Apesar de ser uma das Previdências mais caras do mundo, a arrecadação para a saúde não é só para este Ministério, o que somado ao péssimo estado da saúde de uma população que come mal, portanto adoece muito, acaba por pagar pessimamente seus funcionários. Tem mês que um profissional gabaritado, com curso superior e trabalhando tantos anos para o governo, como no meu caso, o salário não chega a R$ 2.000,00. Enquanto o neto do Senador Sarney, com apenas 22 anos , foi nomeado com o salário de R$ 7.600,00, pode? E como esse jovem, muitos outros “afilhados” faturam o dinheiro do povo! Eximir-se de toda responsabilidade pela desmoralização completa por que passa o Senado, não convence mais ninguém. Resta a solução apresentada por Cristovam Buarque que recebeu apoio do Senador Álvaro Dias: investigação da Polícia Federal. Será que resolveria?Depois de falar sobre um rosário de providências que havia tomado em sua gestão, tipo o SIAFI (Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal), Sarney afirma que não sabe o que é secreto... “Eu não sei o que é secreto, aqui ninguém sabe. Tudo é uma relação ao passado. Não temos nada com isso”. Como ninguém sabe Senador? O que o povo brasileiro ignora é como o senhor ressurgiu na vida pública deste país tão saqueado pelos coronéis do passado que, infelizmente, estão cada vez mais presentes. Nem como ressurgiram Renan Calheiros, Bicalho, Collor, Maluf e outros mais no cenário político. Será só falta de memória do povo brasileiro na hora de votar? Ou estes senhores, de cabelos brancos ou tingidos, contam com a ignorância dos humildes que não tiveram escola para que se tornassem cidadãos capazes de separar o joio do trigo? Sempre a gente se depara com o mesmo problema: a educação neste país tão rico, que apesar dos enormes rombos em “atos secretos”, ainda subsiste, mesmo com dificuldade.De qualquer forma, a verdade é como azeite, vem à tona! O difícil para o povo brasileiro é saber o que fazer diante desta verdade.

Nenhum comentário:

Quem sou eu

Minha foto
Sou alguem preocupado em crescer.

Arquivo do blog

Páginas

Postagens populares