Google+ Followers

terça-feira, 20 de março de 2012

Minha mestra Maria do Carmo Secco

O Largo das Artes apresenta a exposição individual UMAS E OUTROS, de MARIA DO CARMO SECCO, reunindo um conjunto de obras recentes e inéditas da artista.
Em sua política de estabelecer o diálogo entre criadores de diferentes gerações e técnicas, a galeria dessa vez traz a consagrada artista Maria do Carmo Secco, que integrou nos anos 60 o movimento chamado Nova Figuração e, desde então, tem-se mantido atuante e presente no cenário da arte contemporânea brasileira.
Investigativa e, ao mesmo tempo, rigorosa em suas pesquisas, Maria do Carmo dedicou-se à experimentação de novos suportes, expandindo seu trabalho para novos formatos de telas e para a construção de objetos. Ao longo dos anos, desenvolveu pinturas, objetos e desenhos.
Nesta exposição Maria Carmo Secco expõe a série de pinturas Meus Desígnios, que têm como característica a utilização do binômio construção/figuração para descrever plasticamente uma nova fase de sua construção pictórica, além de um conjunto de objetos e desenhos que revelam a liberdade da artista em sua composição gráfica.
Em suas próprias palavras, a artista assim define a individual UMAS E OUTROS:

O indio José, da tribo Maxakali, enquanto rabiscava com um graveto a areia à sua frente, respondeu assim, quando lhe perguntaram como eles entendiam o desenho: o desenho é a escrita do pensamento no chão.
Toda obra é uma síntese e toda síntese indica um limite. O limite do que é passível de ser expresso pela linguagem humana. Minha obra mostra os limites da construção de um mundo. O mundo em que habito agora. Um mundo de objetos-linhas-cores que constroem um espaço alternativo…
Um mundo sem tempo…
Papel e tela, lápis e tinta.
Cores e movimento.
Sim e não.
Estou tentando dizer: esta minha “segunda vida” tem me ensinado a procurar o essencial. A sintetizar o essencial. Embora todos estes trabalhos apresentem uma coerência com aquilo que tenho produzido nos últimos (tantos!) anos, eles agora têm uma nova preocupação: expressar uma nova comoção, a de me sentir viva de uma forma diferente, criadora!

Um comentário:

Élys disse...

Com certeza será uma exposição do que há de melhor na arte contemporânea.
Beijos.

Quem sou eu

Minha foto
Sou alguem preocupado em crescer.

Arquivo do blog

Páginas

Postagens populares