Google+ Followers

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Momento poético


Cântico da Alma

Maria J Fortuna

É dia de amanhecer
Momento de despertar
As cordas do meu coração
São tocadas
O fruto torna-se sazonado

Dilatadas pelas emoções
Afinam-se a claridade da luz
Como pupila crescente
Nos olhos da noite que se foi
Devo reverenciar a senhora vida
Nobre dama que mantém meu corpo
E alimenta minha alma!

Nenhum comentário:

Quem sou eu

Minha foto
Sou alguem preocupado em crescer.

Arquivo do blog

Páginas

Postagens populares